quarta-feira, 24 de março de 2010

Isabella.


Mais uma vêz o caso da menina Isabella é manchete de jornais , revistas e TV.

Os Nardoni finalmente vão a julgamento.

Serão quatro dias de batalha entre certezas e incertezas.

Embora as evidências periciais noticiadas pela mídia, desde o acontecimento trágico, condenem o casal.

Sinto-me extremamente tocada.

Mais sofrimentos para a mãe da criança e seus familiares.

Um filme bem montado refaz a tragédia daquela noite de 25 de março de 2008.

A dor se faz presente a todos que incrédulos, viram e ouviram naquela noite de março ,a frieza desumana de um pai que lança sua filha á morte, tendo como cúmplice a madrasta.

Não dá para acreditar.

Só monstros são capazes de fazer coisa medonha.

Eles se dizem inocentes.

Mas as evidências os acusam.

Gostaria que tudo isso fosse ficção.

Recordo o caso da filha da novelista Glória Perez.

Foi um caso que chocou o Brasil pela banalidade e frieza do assassino.

Dizem que todos nós somos capazes de matar num momento de ira, desespero, falta de razão.

Prognósticos questionáveis.

Sei que nossa mente é uma caixinha de surpresa.

E isso tem motivado constantes apelações dos advogados de defesa para livrar seus clientes da condenação.

A psicopatia, principalmente, está em evidência.

Pelo menos , até o momento, os Nardoni ainda não foram diagnósticados psicopatas.

Seus cérebros são tão doentes que vão além da psicopatia.

Não estou aqui para acusar nem defender ninguém.

Gostaria muito de acreditar que esses seres" humanos" são apenas personagens de mais um livro policial.

Que a justiça dos homens não seja falha e não condene inocentes.

Meu alívio é saber que a justiça do Pai do céu não falha, e dela ninguém escapa.

Que o riso da menina Isabella deixe em nossos corações a crença de um mundo mais humano e justo.

Fica em paz anjo.

Amém.

Namastê.

3 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Não sei como a mãe dessa menina, suportou tudo isso.

Menina linda,

Poder externar os sentimentos é a melhor terapia para uma vida feliz. Saiba que você mora, de verdade, no meu coração.

Beijo imenso.

Rebeca


-

Fernanda disse...

Nosso mundo assusta cada dia mais. Fico imensamente desanimada quando vejo um caso desses...será que as pessoas não possuem mais amor no coração? Abraços...

Sylvia Araujo disse...

Isso tudo me embrulha o estômago. E fazer da tragédia um circo me dá ainda mais nojo. Bonita tua indignação.

Meubeijopravocê