quarta-feira, 19 de maio de 2010

A espada mágica do Rei Artur.


Duas mulheres falando sobre sexo e amor. Uma romântica, sonhadora. A outra extremamente realista.

- Nada como uma noite de amor.O quarto iluminado apenas pela chama de velas brancas. Um perfume no ar, lençois de seda. Música suave.Hum. Coisa mais linda!

- Você está falando em noite com amor. Agora, tirando o amor, que é um sentimento sublime, vamos as vias de fato dos acontecimentos.

- Como vias de fatos dos acontecimentos? Tudo feito com amor é lindo,suave, tenro.

- Minha filha o negócio na sua plenitude da coisa, não é dessas frescuras.Tu fantasia demais.O real, o esplendoroso é o arremesso do ser.

- ....(silêncio)

- Observe meu raciocínio: O amor, o sentimento , esse é belo. Agora o ato que o amor nos leva a praticar não tem nada dessas canduras.A cena, fisiologicamente falando,é uma arrebatadora e fulminante cavalgada.

- Ohhhh, o encontro de dois seres é esplendoroso. Meu Deus, quanta falta de ternura por tão sublime ato?

- Rsrsrsrs .Oh, mulézinha ingênua! Dá até raiva. Eu e tu sabemos muito bem o que é sublime na execução de tãooooooooo esplendoroso ato! Imagine, aquela imagem hasteada á sua frente. O esplendor tá nisso. É disso que tu gosta.

- Hi, hi, hi...( risos nervosos, envergonhados)

- Tu pode continuar a fazer essas tuas fantasias sexuais, amorosas e apaixonadas. Mas, num se esqueça: o cru , o real do tesão é o eletrizante grito de Tarzan, a força do He -Man, a poderosa investida da espada mágica do Rei Artur.

-Ui, to com calor. Acho que vou ter um troço!

- Eitá, desfaleçe não mulé, deixa primeiro tu desembaiar a espada. Nesta hora aposto que tu nem vai se lembrar de suavidade. Haja energia!

- !!!!!!!Ai, para.

Um comentário:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

San,

Você e toda essa gaiatice na hora de contar presepadas...ahahahahaha.

Adorei!

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-