segunda-feira, 24 de maio de 2010

Snif e snif.


Só senti a fisgada.

Sentei-me com cuidado.

A professora perguntou se estava tonta.

Antes fosse isso.

Ai, meninas , minha aula de Pilates foi para as cucuias. Pelo menos por alguns dias

Cheguei em casa andando devagar, macio. Parecia que havia parido naquele momento.

Acho que machuquei o ciático.

Enferrujadíssima.

Oxe, triste foi o maridão não me acudir.

Sentado estava, sentado ficou.

Pra não ser injusta com o meu delicado branquelão, devo dizer que ele quis sim saber o que houve, e me aconselhou a usar uma cinta.

Como neguei, o home retou-se.

Ora, a dor é minha,e eu sei o que é melhor pra ela.

Vou muito usar uma cinta apertada. Além da dor, vou ficar sem respirar.

Minha professora de Pilates, que é fisioterapeuta, disse-me para colocar gelo.

Vou fazer o que ela mandou e pronto.

O maridão, enfesou-se. Oh, Deus, que home difícil.

Iniciei um discurso tocante.

O maridão não deu a mínima atenção.

Contra ataquei com chantagem emocional.

Dei uma de coitada, abandonada, aquela que se procupava com tudo e todos, e não recebia nada em troca
.

Que dramalhão!

"Gente, cá pra nós, odeio fazer isso".

Ele se compadeceu.

Ah...meninas, esnobei-o.

Affe, o maridão não se fez de rogado.

Voltou para ver TV.

Decepcionadíssima, joguei-me na cama com dor e tudo.

Oh, tadinha de mim, ninguém para me fazer uma massagem, colocar gelo .

Snifffff, sou tão infeliz!

Sniff, e sniff.

2 comentários:

marcia disse...

tadinha de menina! Se fossemos vizinhas,eu ia lhe acudir,em vez de gelo colocaria agua quente e depois dava uma massagem com um creme pra relaxar a musculatura.fazia muito dengo e ajudava a fazer as coisa...Viu menina de mãe!Não chore!Eu tou aqui longe e perto...hahahahahaha bjs se cuide!

Sanbahia disse...

Comadre você é um amor.Grata por me acudir.
Um cheirooooooooooo.