sábado, 28 de agosto de 2010

Fátima Oliveira.


Ler a coluna da escritora e médica Fátima Oliveira, ás terças -feiras no Jornal O Tempo-MG, é um primor!

Virou uma agradável rotina em minha vida.

Costumo dizer que as terças-feiras recebo Fátima para tomar café da manhã comigo.

Eitá honra danada, sô!

Ela chega cedo. O cafezinho fresco , o pão de queijo e o cuscuz nordestino já estão prontos em cima da mesa coberta com toalha onde se estampam desenhos de ipês de várias cores.

É assim que espero-a nas manhãs de terça.

Sentamos á mesa As palavras vão bailando enquanto saboreamos nosso lanche matinal.

A maneira simples de Fátima me envolve de tal forma que nem escuto o maridão sair para trabalhar.

Pena que tudo seja tão rápido. Logo ela se despede com a promessa de voltar na próxima terça-feira.

Para mim parece uma eternidade.

Vou iniciar minha contagem regressiva.

Oxe, quero conversar com minha colunista, nordestina ora?

Amigas, não se apoquentem.Querem encontrá-la? Assinem ou comprem o Jornal O Tempo-MG. Fácil, não?

Despeço-me da grande colunista.Debruço-me sobre á mesa e penso sobre o que conversamos naquele dia.

Ergo-me e pego o laptop.

As palavras de Fátima bailam em minha mente.

Sua atenção ao responder meus e-mails me emocionam.

Digito carinhosamente :
" Agradeço mais uma vez a você, Fátima Oliveira . Sua humilde e carinho me conquistaram.
Estarei esperando-a para tomarmos café juntas.
Na próxima semana novo cardápio: beiju, pamonha e bolo de aipim.
Espero ocê.

Um cheiro."

De sua leitora assídua.

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Sandra, sem palavras...

Axé feminista!
Fátima Oliveira
...........
Tocando em frente
Almir Sater e Renato Teixeira
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Ou nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir (...)

Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz (...)
.....
Para ouvir:
http://palcomp3.cifraclub.terra.com.br/almirsater/mp3-tocando-em-frente/

Sanbahia disse...

Fátima,grata pela música.
Simplesmente linda.
CHEIROS CARINHOSOS.