sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Papo de casal


Homem falando da mulher:
- Molenga.
- Não olha para nada e vai se batendo em tudo que encontra pela frente.
- Por isso vive com as pernas e braços roxos.
- Parece criança!
- E a dormideira depois do almoço?
- Só após o almoço? Se arranjar um jeitinho, dorme que se acaba a qualquer momento. Virou doença.
- Acho que tô com uma pontinha de inveja. Durmo mal, meu ronco me atrapalha.
- Uai, nos últimos dias anda dizendo que entrou na menopausa.
- Nossaaaaa, vai ficar pior que é.
- Haja paciência.
- Não casem.Conselho de amigo.
- To perplexo!De uns tempos pra cá ficou respondona.
- Ah...e os cremes?Nunca tinha usado, agora são três, fora sabonetes especiais pra isso e aquilo.
- Outra coisa, cismou que perder os benditos quilos tá difícil. E a culpa meus amigos, é minha!
- Diz que induzo-a a engordar.
- Na verdade faço suas vontades. Sei que gosta de uns sequilhinhos, broa de fubá, queijos. Eu compro e ela não resiste.
- Não faço isso para que fique gorda. E tem mais, ela não está gorda. Ela pergunta e eu digo que seu corpo está ótimo. Meu Deus, ela não acreditaaaa!
- Venceu-me, digo que está um pouco cheinha.
- Fecha a cara.Nem me olha mais.
- Minha Nossinhora onde fui amarrar minha égua.

Respostas da mulher:
- Pra começar é a molenga, dorminhoca e estabanada que faz as coisas em casa.
- E se eu to na menopausa tu tá na andropausa. Estamos quites amorzinho.
- Outra coisa que tá acabando com os meus nervos. Para de observar se os talheres, pratos, e roupas foram ou não bem lavados. Mal lhe pergunte: por que vossa pessoa não vai fazer, São deveres rotineiros, deliciosos. Fico tão inspirada em executá-los, principalmente com fiscal de plantãoooo.
- Casar? Tá arrependido? Problema seu. Agora é tarde, não pode devolver. Aguente.
- E os cremes ?Uso , e vou usar mais. Não quero ficar igual "tu". Tuas marcas de expressão tão é salientes. Olhe-se no espelho e verá a realidade nua e crua.
- Oxiiii, tenho raiva não. Agora sei me defender. Já era aquela bestinha de anos atrás.
- Ei, psiuzinho..., vem cá. Hummmm,ande me faça um denguinho. Aiiiii, tô com uma vontade de rolar no chão. Affe, sou uma despudorada (risos).
- Olhe,tu amarrou tua égua no lugar certinho, viu?

Um comentário:

tay RH disse...

ADOREI SEUS BLOGS APAIXONANTES JA SOU SUA SEGUIDORA BEIJOS. ME SEGUE TAMBÉM