quinta-feira, 11 de novembro de 2010

O baiano e as duas noviças.


Mineirim, contador de "causo", relata-me á viagem de duas noviças com um motorista baiano.
Diz o mineirim "come quieto" que o causo é verdadeiramente verídico.

Duas noviças, paulistas vão de carona com um baiano -motorista para Santos.

O baiano andava de bronca com os paulistas.A todo momento era chamado de comedor de farinha ,e burro.

Pensavam os paulistanos que o comedor de farinha não entendia os chamamentos de baianadas para tudo que o pobre fizesse de errado. Estava cansado de tanta gozação. Ia aprontar com esses cabras metidos a besta.

Tadinha das noviças, não tinham nada a ver com as gozações, mas o baiano estava disposto. As duas eram paulistas, então, azar delas. Foram escolhidas para a grande vingança.

Para começar o baiano toma umas pinga.

Entra no carro alegre, cantando axé.

As noviças entreolham-se . O baiano sorridente as cumprimenta.

- Boa tarde, em nome da Mãe, do Filho e do meu Pai Oxalá. Com todo respeito. Amém.

A viagem transcorria bem se não fosse a insistência do baiano em cantar axé e também forró. Não estou falando de forró de Gonzagão, Dominguinhos, mas sim das bandas de forró eletrônico. A preferida do nosso amigo era as músicas da banda Calçinha Preta. As noviças não aguentavam mais ouvir: "Você não vale nada mais eu gosto de você"- as duas estavam, coitadas, incomodadas com o cantor .

Parece que o cantor se deu conta da perturbação. Calou-se, mas ligou o som em toda altura.

As religiosas, educadamente, pedem:

- Moço, abaixe um pouquinho o som, Deus vai lhe agradecer.

O baiano compadecido obedece.

De repente para o carro no acostamento. Vira-se para as noviças solicito.

-As damas noviças estão bem ? Mal lhes pergunte: Posso pitar um cigarrinho?

Meio a contragosto elas acenam a cabeça.

Um aroma estranho de mato invade o carro. As duas mais uma vez entreolham-se O baiano mais que depressa se explica:

- Donas noviças, esse cigarro é diferente. É conhecido como cigarro dos anjos. Quando fumo o bichinho, fico mais perto do Senhor.

As noviças se benzem e rogam que ele pare de fumar o tal cigarro dos anjos e prossiga com a viagem.

Tranquilamente o motorista apaga o cigarro abençoado e entra no carro.

Ai , começa o verdadeiro transtorno na viagem.

Mariadinho de tudo e viajando com os anjos, o nosso motorista não sabe o que faz na estrada. Nas curvas os pneus cantam absurdamente. As noviças apavoradas, gritam.

- Moço, o que está acontecendooooo?

Rindo ele responde:

- Santas do Meu Senhor Jesus Cristo, juro que tô vendo três estradas.

As noviças arregalam os olhos, rezam o Padre- Nosso junto com a Ave-Maria.

- Enviadas do céu, me digam qual a estrada que devo ir; a do meio, a da direita ou a da esquerda?

Sem pestanejar e em coro respondem:

- A do meio em nome de Maria Santíssimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

2 comentários:

Blábláblá na rede disse...

Flor seu blog é show...ADOOOORO! Parabéns...vou voltar sempre!
Kiss...
Khelen.

http://blablablanarede.blogspot.com/

Sanbahia disse...

Mineirinha, adorei sua visita, volte sempre.
Cheiros.