quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Carinho dimais da conta, oxente, sô!


Encontrar pessoas que há muitos anos você não vê é simplesmente maravilhoso!

Fica difícil descrever como fica o coração.
O meu então, nem lhes falo. O danado quer sair do peito. Descompassa-se, deixa-me louquinha da silva!

Oxe, abraçar é pouco.Pulo e me descabelo de tanta felicidade.

Claro que ás vezes faço isso na surdina para não deixar as pessoas embaraçadas.

Pulo e me descabelo antes da vê-las, mas quando não consigo controlar esses meus impulsos emocionais....
Oxe, é cada uma!
Dispo-me e sou a pessoa que sou sem limites nem regras.
Danei-me de vez e pronto.

Controlar impulsos emocionais?

Estou fora. Não faz parte do meu ser.


Carinho é para dar e distribuir.

Guardar?Esconder?

Nem pensar!


E sou daquelas grudentas que cheira, denga e amassa.
Amigas, nem pensem em correr quando por acaso um dia nos encontrar!
Entendam bem, vê se não tenho razão?
É muito bom demonstrar carinho, problema de quem não goste. Ou será se existe quem não goste?
Talvez com esse meu jeito tão espontâneo de demonstrar carinho, alguns não gostem mesmo !

To nem ai, são intrigas da oposição, rsrsrsrs.

Pessoinhas, estive na minha terrinha com pessoas que não via há trinta anos.

Tenho razão em me descontrolar!!!!!!!

Com meus familiares não foi diferente. Foi muito pior!
Carinho, amor, são palavras sábias.

Senti-las no coração então é tudo que sempre vou querer!

Sinto-me plena,sabiam?

Pois tais sentimentos me conectam com o Pai e a Mãe do céu.

Namastê!


2 comentários:

Sandra Rossi disse...

Olá!

Carinho é "bão dimais, uai!". Belo post!
Gostei do seu blog tb!

Passei para agradecer e retribuir sua visita que me deixou muito feliz! Volte sempre!

BJuS e fique com Deus!

Sanbahia disse...

Chará, adorei seu comentário. Volte mais, comente mais.
Continuarei com carinho a visitar seu blog.
Cheiros!