sexta-feira, 20 de novembro de 2009

A história do pólipo.


Peço um momento de atenção para minhas coleguinhas que leem meu blog.

Há uns meses atrás fiz alguns exames e em um deles, a ultrasonografia endovaginal, que repeti duas vezes para confirmação de diagnóstico.

O resultatado dera um pólipo no endométrio.E por via das dúvidas o ginecologista pediu confirmação.

Excelente medida médica. Isso nos dá mais confiança.

Agora duro foi me acostumar com mais uma palavrinha complicada para meu vocabulário.Esses termos médicos, são terríveis!

Seria mais fácil falar verrugiunha, né? Hum, mas verruga é tão feio. Pólipo é mais chique, convenhámos.

Fiquei tão atrapalhada com meu pólipo, que as vezes o transformava em púlpito.

Santa ignorância ou desatenção?

Rsssssssssssssssssssss.

Amigas, falava na maior cara de pau que tinha um púlpito no endométrio.

Como as pessoas que convivo sabem desses meus desencontros com as palavras, não me procupei com tal erro. Sei que deveria pensar mais um pouquinho antes de falar. Evitaria olhares de desaprovação do meu querido maridão.

Ele não admite que uma formanda em Letras pratique tal erro.

Finalmente essa semana retirei meu púl.....!

Perdãooooooooooooooo, PÓ-LI-POOOOOOOOOOOOOOOOOO.

Estou de repouso, pois tomei anestesia peridural.E querendo ou não , como o endométrio é uma membrana que reveste o útero, causa um certo desconforto, como: barriga inchada, dores nas pernas. Mas tudo muito leve e sem maiores complicações, graças a Deus!

Amiguinhas foi por acaso que descobri esse pólipo, por isso é importante que façamos nossos exames todos os anos ou até mesmo de seis em seis meses- depois dos cinquentinha dizem ser mais necessário- para evitar surpresas desagradáveis.

Acho que qualquer dia desses direi no púlpito minha experiência ao retirar um pólipo no endométrio.

Rsrsrsrsr.

Deverei ter muitos ouvintes, não acham?


2 comentários:

Alice disse...

estou "pulpitando" de rir.......

Sanbahia disse...

Liliiiiiiiiii, cuidado para não "pulpitar" demais. Rsrsrsrsrs.
Grata pelo comentário.
Cheirinhos baianinhos.