quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Aventuras na Bahia II - Renatinho da Bahia


Chegar na rodoviária da minha cidade, Senhor do Bonfim, e abraçar meus familiares foi maravilhoso! Arrepiei-me todinha, nossa!

Indescritível, mesmo, foi o carinho que senti ao ver os cabelos acinzentados de meu pai.

O meu mocinho pinta os cabelos brancos. E, a cor acinzentada lhe dá um certo charme.Nada de vaidade, perceberam ?

Amigas, verdade seja dita: Painho não precisa disso, o seu charme vem do seu imenso prazer de viver bem a vida.

O charmoso rapazinho de oitenta anos é realmente um bonvivant,no bom sentido da palavra. Ele é chique, boa pinta. Benza Deus! Admiro-o,paizinho querido!

Com isso o acolhimento na cidade se transformou numa grande festa !

Os encontros matinais tinham até trilha sonora e dança especiais.

Não é para qualquer um.

Quanto privilégio!

E a bichinha, aqui, dançava embalada pelo som á capela do meu cantor e dançarino, Renato Sena Gomes, vulgo Renatinho da Bahia.

Nunca vi painho igual a esse.

Ele é único .

Senhor do Bonfim o proteja.

Saudade docê.

Vou voltar logo, prometo.

Cheiros, amor de minha vida!





2 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Sanbahia disse...

Rebeca e Jota Cê, gostei muito da visita de vocês. Voltem sempre. Abraços.