terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Bloco Os Internacionais.


Como sempre éramos pipoqueiras no carnaval de Salvador.

Os blocos passavam e as pipoqueiras iam atrás.

Haja disposição.

Tinha um bloco que era nosso favorito.

O nome do bloco era "Os Internacionais".

Bloco só de homens. Muito calor humano junto. Era tudo que queríamos.

Nos esbaldávamos.

Oh, mulherada assanhada. Sangria desatada , sô!

Não sei dizer se o bloco ainda existe. O que sei pela mídia, é que em 2009 ,o bloco saiu, já misto , sob o comando de Tatau,e Cláudia Leite.

Descaracterizou-se, penso.

É óbvio que ser misto é uma das descaracterização.
Amigas, os homens se fantasiavam de romanos,piratas, faraós, e assim por diante.
 
Isso mexia com a alma, o corpo, e o imaginário feminino. Agora aturamos os famosos abadás .

Adeus aos nossos deuses romanos, egipcios e gregos que tanto nos fazia perder o ar, as pernas, braços.

Fica na nossa lembrança aquele bloco loucamente original, efervecente e febril.
 
Que peninha. Quanto descaso com homens tão belos e inesquecíveis.

Ficam  as lembrança....! Afffe, doces e arrepiantes lembranças (suspiros e ....mais suspiros) !






Um comentário:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Logo no começo, pras bandas do meu Ceará, chamavam abadá de mortalha, pode? Não sei qual o pior...ahahhaa

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-