segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Vitória do Fluminense.


Ontem diante da telinha vi o tricolor das Larangeiras ser campeão brasileiro. Fiquei emocionada, feliz.

Já gostei mais de futebol. Hoje quase não assisto.

No meu estado não tenho preferência por times.Meus irmãos se dividem entre Bahia e Vitória. Até hoje não me decidi. Acho melhor torcer para quem está jogando melhor, assim agrado a todos.

Fiquei decepcionada com o futebol brasileiro. Acho uma vergonha as pancadarias, brigas que levam muitos torcedores a morrer inutilmente.

Aquela alegria deu lugar ao medo. Ir a estádio virou motivo de pânico. Não se sabe o que vai acontecer entre as torcidas organizadas.

E para completar nosso futebol tão admirado virou empresa. Jogadores são negociados por valores absurdos.Com isso viram deuses e muitas vezes esquecem suas origens, e se deixam levar pela vaidade e soberba.

Em Minas por influência do maridão sou Cruzeiro. Sou encantada pelo azul de sua camisa. O azul celeste fascina-me.

Pena que exista tanta rivalidade com o Galo. Esses dias noticiaram que um cruzeirense foi morto em confronto com rivais atleticanos. Não devia ser assim. Os dois times merecem se unir, não deveriam jamais usar o futebol como campo de batalha.

Muitas vezes torço para o Galo também quando joga com times de outros estados. Antes de tudo sou mineirinha de coração. Minas Gerais é única, e é por esse Estado que me acolheu amorosamente que torço fielmente.

Parabenizo meu time Cruzeiro pelo vice -campeonato. Apesar das turbulências no primeiro semestre, o time soube encontrar seu caminho e fazer bonito no Brasileirão.

Ao Fluminense o meu muito obrigada. Esse título é uma homenagem silenciosa a meu tio João, fiel torcedor que foi enterrado com a camisa de seu time amado. Sei que onde estiver está radiante.

Como grande violonista que era, meu tio agora dedilha em seu violão as notas do hino do seu time de coração junto ao anjos lá no céu: " sou tricolor de coração...."

3 comentários:

lucidreira disse...

Gostei muito também de ver o Fluzão ser campeão, aqui tem rivalidade sim entre o Bahiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa (Subio para a série A) e o Vicetória que desceu um degrau e foi parar na série B, onde alegrou nossos corações mais ainda. Mais a rivalidade como você falou , aqui não tem essa de se matar por torcer por um time.
Beleza de homenagem feita ao Fluminense.

Abraço

Sanbahia disse...

Lucidreira, beleza de comentário. Grata.
O grande Fluzão mereceu ser campeão.
Um grande abraço.

Sanbahia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.